Dicas de Higienização
Higiene das mãos
 Qual a diferença entre um sabonete comum e um sabonete antisséptico?
Sabonetes comuns promovem a higienização das mãos, mas não reduzem significativamente o número de microrganismos da superfície da pele. Já os antissépticos possuem um ou mais ativos que levam a uma redução significativa dos microrganismos da pele. A Comercial Seara dispõe de uma linha completa de produtos para limpeza das mãose anti-sépticos com alto poder de limpeza. Confira aqui a lista de produtos para higienização das mãos.
 O álcool gel é melhor que o sabonete antisséptico?
Ambos os produtos, quando devidamente regularizados, devem possuir laudo que comprovem a eficácia bactericida. O ponto crucial está na praticidade de utilização, ou seja, são produtos para serem usados em situações diferentes. O álcool gel é apropriado para antissepsia instantânea em locais onde não esteja disponível a lavagem com água, ao contrário do sabonete antisséptico.
 Quando é recomendável higienizar as mãos em áreas de Assistência á Saúde?
É difícil estabelecer regras absolutas quanto à necessidade da higienização das mãos. Os profissionais devem avaliar cada circunstância. Em geral, recomenda-se antes do contato com paciente, após exposição a fluidos corporais, após contato com paciente, após contato com áreas próximas ao paciente.
 Higienização das mãos sem enxágue, quando fazer?
A higienização das mãos sem enxágue (instantânea) deve ser realizada em situações onde não haja disponibilidade para lavagem com água e sabonete e quando não existirem sujidades visíveis na pele. Use antissépticos instantâneos após o manuseio de dinheiro, ao sair do ônibus, antes do lanche na rua e sempre que não houver água e sabonete disponível. Tendo oportunidade, lave as mãos.
 Quantas vezes posso usar um antisséptico sem enxágüe, antes da próxima lavagem com água?
É indispensável a lavagem das mãos com água e sabonete, mas enquanto isso não é possível, devemos higienizá-las com álcool gel ou outro produto para antissepsia instantânea. Não há como afirmar o número de vezes que um antisséptico instantâneo tem eficácia antes da próxima lavagem com água. Este fato depende da situação de exposição das mãos às diversas sujidades durante o dia.
 Por que devo lavar as mãos com um produto grau cosmético?
Produtos para aplicação na superfície da pele devem ser aprovados pelo órgão competente, que no caso é a ANVISA. Cosméticos possuem componentes que evitam o ressecamento da pele pelo uso contínuo e/ou promovem sua hidratação, ao contrário dos produtos destinados a superfícies (saneantes), além de serem elaborados com matérias primas previamente aprovadas para uso na pele que são listadas em compêndios oficiais.
 Como promover a higiene das mãos no meu dia-a-dia?
Andar sempre com um gel antisséptico (Sanigel) na bolsa, na mochila ou na pasta, possibilita higienizar as mãos a qualquer momento. Lembre-se, os microorganismos podem estar em mesas, cadeiras e até roupas. Já dizia o ditado: “Prevenir é melhor do que remediar”.
 Qual a maneira certa de higienizar as mãos?
Ao limpar as mãos é importante lembrar de higienizar entre os dedos, unhas e os punhos. Especialistas indicam, também, que em alguns casos o procedimento deve ser estendido até os cotovelos.
Animais de Estimação
Os animais de estimação, se não forem devidamente tratados, podem ser agentes transmissores de doenças. Mantenha os seguintes cuidados:
Local separado e limpo para habitarem;
Manutenção da higiene;
Vacinação;
Recolha sempre as fezes e lave o local onde o animal urinou;
Evite seu contato direto com crianças.
Pêlos, pulgas, piolhos e secreções podem provocar alergias e transmitir moléstias graves.
Ao levá-lo para passear, tenha sempre à mão jornal para recolher as fezes.
Desinfetar ambientes que abrigaram cães doentes para se evitar a contaminação cruzada de cães saudáveis.
Hortifrutícolas
Antes de serem desinfetados os vegetais devem ser submetidos a uma pré lavagem para remoção de resíduos maiores, insetos e moluscos. Os desinfetantes não agem sobre os insetos e moluscos comumente presentes nos vegetais in natura. Além disso, matéria orgânica como restos de folhas em decomposição e terra prejudicam a ação do desinfetante.
A desinfecção deve ser feita deixando os alimentos crus em imersão (de molho) na solução de desinfetante pelo tempo estabelecido pelo fabricante na rotulagem. Os alimentos não devem ser cortados antes do contato com qualquer produto químico. O processamento/corte deve ser posterior ao enxágue para evitar contaminação química.
Use produtos específicos para esta categoria e aprovados para esta finalidade. Estes produtos possuem eficácia comprovada na eliminação dos principais patógenos causadores das DTA (Doenças Transmitidas por Alimentos). Na dúvida, busque informações em empresas especializadas ou no site do Ministério da Saúde www.anvisa.gov.br.
Segurança dos Alimentos
O que é contaminação cruzada em alimentos:
A contaminação cruzada ocorre quando “transferimos” bactérias de um produto para outro, que já se encontrava livre de contaminantes. O problema ocorre por meio da utilização de equipamento ou mãos, que podem ser infectados no momento de armazenar ou manipular um alimento contaminado. O simples ato de cortar um frango cru e utilizar a mesma faca, sem lavar, para fatiar uma carne assada pode ser um risco a saúde. Carnes cruas e vegetais não lavados apresentam uma série de microrganismos causadores de doenças, que eventualmente são transferidos à outros.
Qual o perigo que a contaminação cruzada pode causar?
A contaminação dos alimentos é responsável pelas infecções ou toxi-infecções alimentares, que tem contribuído para os surtos de doenças.
Algumas dicas para evitar a contaminação cruzada:
Alimentos crus devem cruzar com as etapas que envolvam alimentos cozidos;
Cozinhar ou lavar bem os alimentos crus;
Separar a área de preparação, bem como os utensílios para cada utilidade;
Os alimentos de origem animal devem ficar separados por tipo (carne, peixe, frango);
Higienizar adequadamente as mãos e equipamentos utilizados, inclusive para troca de utilidades.
Cadastre-se em nossa newsletter
Cadastre-se e receba novidades, ofertas e promoções especiais.
 
Cadastre-se em nossa newsletter
Rua Luciano das Neves, nº 3436 - Itaparica, Vila Velha - Espirito Santo
Cep 29100-203
 
Cadastre-se em nossa newsletter
Telefone: (27) 3320.7200
comercialseara@comercialseara.com.br
 
Copyright © 2010 www.comercialseara.com.br, TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.
As fotos aqui veiculadas, logotipo e marca são de propriedade do site www.comercialseara.com.br.
É vetada a sua reprodução, total ou parcial, sem autorização da administradora do site.